b2b

E-commerce B2B chegará a US$ 2 trilhões até 2023

A revolução do comércio eletrônico levou a um crescimento incrível. Isso é especialmente verdadeiro no B2B - onde a demanda por experiências rápidas e agradáveis ​​coloca o digital na vanguarda.
Não é surpresa que, pela primeira vez, quase metade (48%) das empresas B2B vendam produtos on-line. E 88% dizem que venderão apenas online nos próximos cinco anos.

Se você está no B2B, aqui estão quatro maneiras de impulsionar o crescimento: 

Invista no comércio eletrônico

O digital é o futuro do comércio B2B - procure maneiras de converter seus canais de vendas em pontos de contato digitais. À medida que avança, configure sistemas que você possa ajustar facilmente, permitindo acompanhar as necessidades de seus clientes.

Isso também ajuda as empresas a superarem o cumprimento básico em relação à automação. Em outras palavras, sistemas flexíveis permitem que você pense maior e ofereça mais valor aos clientes. Você pode aproveitar esses canais digitais para expandir para novos mercados e obter insights.
Antes de começar, é essencial avaliar a maturidade digital da sua empresa. Uma análise honesta de suas capacidades revelará sua prontidão para evoluir as ofertas atuais. Uma consultoria como a Itelios faz toda esta avaliação do seu negócio, e irá indicar as melhores soluções para o crescimento das vendas. 

Pense nos seus compradores como consumidores

Não é segredo que os usuários de B2B desejam ter uma experiência on-line coesa no trabalho como consumidores.  Seus clientes desejam sites de fácil navegação. Agora, o autoatendimento serve como o diferenciador mais poderoso do digital e é um grande benefício para os compradores. Um número crescente de organizações B2B (73%) informa que todos os seus clientes têm acesso a opções de autoatendimento. Os clientes desfrutam de vantagens como um atendimento ao cliente mais rápido por meio de bate-papo e acesso ao histórico de pedidos. Esses recursos são baseados na crença de que o valor do comércio eletrônico está em mais controle do cliente.
O resultado: processos mais rápidos, clientes mais felizes e, finalmente, crescimento.

Ofereça experiências omnichannel

No B2B, você deve ajudar os clientes a comprar on-line e offline. Como? Integrando canais para uma experiência 360 ​​graus. Um relatório recente da Forrester descobriu que cerca de um terço das empresas B2B estavam executando ou otimizando sua estratégia omnicanal. Essas organizações devem adotar uma estratégia na qual os pontos de contato respondem com base nas interações entre os canais. Mas isso não basta. As estratégias omnichannel mais eficazes exigem uma mudança na equipe, tecnologia, processos e cultura para apoiar os compradores B2B. 

Não subestime nada

As necessidades de B2B são complicadas, geralmente envolvendo grandes orçamentos e tomada de decisões nos níveis mais altos. De fato, esses desafios frequentemente superam a tecnologia. Ainda assim, as principais empresas B2B percebem que sua estrutura deve refletir o papel do comércio eletrônico como um gerador de receita.
A reestruturação da sua organização para oferecer suporte às metas digitais garante um passo à frente. Ao mesmo tempo, isso ajudará a estabelecer o digital como chave para os negócios. Dada a ampla adoção do comércio eletrônico, os profissionais de B2B devem examinar como melhorar a experiência do cliente. À medida que o setor passa por essa mudança, é hora de investir em maneiras que ajudarão a ganhar uma fatia maior desse bolo de US $ 2 trilhões.

Fonte: Salesforce